'Uma pitadinha de drama, um pouquinho de amor. Uma amostra de experiência, um poço de problemas. Uma busca de respostas, o lugar do desabafo. A solução da minha angústia, o começo da minha história. O conto da minha vida, a compreensão de seres humanos. Os defeitos de uma menina sensível, as qualidades de um temperamento forte. Uma opinião sagaz dos obstáculos e meu maravilhoso mundo.'

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Some soul


Encontrar com você me proporciona tranquilidade e dor. Machuca e alivia. É bom e ao mesmo tempo, insuportável. Escutar seus conselhos me abre o olho, mas faz eu alimentar minha mágoa. Admitir meus erros pra você me torna mais humana, mas me deixa mais hipócrita. Quantas vezes você também errou. Sorrir com você faz eu esquecer do mundo e eu fujo de todos os meus problemas. Mas minha mente me alerta e minha razão mais do que nunca me mostra que isso logo passa. E como passa rápido. Te querer bem me mostra como eu amadureci, porém faz eu sentir saudade do tempo em que eu me arrependia. Te encontrar e encostar em você me faz sentir um turbilhão de coisas ao mesmo tempo, muitas, contraditórias. Encostar em você intensifica a emoção que eu sinto, o vazio que eu assisto, a ilusão que eu insisto. Meu querer é muito mais do que estar perto, fazer parte, me fazer bem. Meu querer é estar bem. Eu estar bem comigo mesma, satisfeita com meu ideal, tentando cumprir com tudo que eu prometo. Estar bem com você mesmo, é aliviar a sua alma, consertar os seus erros, é lutar pela sua felicidade e seguir em frente. Sem mim.

Um comentário:

  1. O amor é um contentamento, descontente. Já dizia Legião.

    Beijos.

    ResponderExcluir